(17) 3211-2900
uniradio@terra.com.br

Radioterapia, efeitos colaterais e o tratamento do câncer de mama

Os efeitos colaterais do tratamento radioterápico do câncer dependem da região anatômica tratada.

Esses efeitos colaterais podem ou não ocorrer pela ação do tratamento.

Confira abaixo alguns efeitos colaterais que podem surgir e cuidados necessários durante o tratamento do câncer de mama.

Radioterapia e efeitos colaterais

Os efeitos colaterais mais comuns no tratamento do câncer de mama são:
- dificuldade para engolir (disfagia), dependendo da área a ser tratada.
- pele avermelhada.
- diminuição da transpiração e queda dos pelos das axilas.
- sonolência e irritabilidade.

Sempre que apresentar alguma reação, procure orientação médica.

É preciso cuidados para prevenir o edema (inchaço) do braço, linfedema do braço homolateral (do mesmo lado) à mama retirada.

Tome alguns cuidados

Caso tenha retirado os gânglios linfáticos, evite:
- deitar sobre o braço do lado da mama operada.
- retirar as cutículas da mão do lado tratado.
- carregar pelo do lado que foi feito a cirurgia.
- usar roupas apertadas.
- usar relógios, anéis ou pulseira apertadas.
- aplicar medicação subcutânea intramuscular e endovenosa e medir pressão o lado tratado.
- praticar movimentos repetitivos.
- usar cremes hidratantes ou desodorantes, sem indicação médica.
- evite depilar a axila (embaixo do braço) do lado operado.

O que pode fazer?

Durante o tratamento radioterápico tome alguns cuidados especiais com atividades de casa e com a alimentação.
- use luvas de borracha para tarefas domésticas e jardinagem, e dedal para costurar.
- durante o tratamento não ingerir alimentos quentes ou congelados.

Comments are closed.